fbpx
Zen

Zazen ou Shūzen?

Caros amigos, na condição de curador deste espaço, além de propor reflexões já publicadas sobre ensinamentos de mestres, procurarei, sempre que possível, disponibilizá-lo aos professores. Esta semana, acompanharemos um texto da Isshin-sensei. Boa leitura!

“A grande maioria das pessoas vem para um centro de prática zen-budista porque está passando por algum tipo de crise na sua vida que está causando muito sofrimento. Estas pessoas começam a sua prática na esperança de encontrar alívio para a sua dor. Assim, o objetivo de sua prática pode ser “relaxar”, “corrigir defeitos”, “acumular méritos” – a lista é infinita.

Este tipo de prática com “metas” e “objetivos” é chamado shūzen (習禅, “aprender-zen”), que significa “zen para aprender algo”. A “mente de ganho” está presente nesta atividade. Quando sentamos e fazemos “meditação” como parte de uma prática com o objetivo de nos livrarmos do sofrimento que nos trouxe para um centro de zen, NÃO estamos verdadeiramente nos sentando em “zazen”, não estamos em “shikantaza”.

Mas, geralmente, é justamente o sofrimento e o desejo de aliviá-lo que levam uma pessoa ao zen. Isto é perfeitamente natural e não deve ser criticado. Então, como resolver esta questão?

A chave, a meu ver, está em fazer a transição, em algum momento, do shūzen para o zazen, a meditação sem objetivos ou metas – despertar a “mente do caminho” (bodaishin). Isto não significa que a prática em si, como um todo, pode ficar sem ter uma direção – a iluminação e o bem de todos os seres – e espera-se ver melhorias na qualidade de vida do praticante, mas quando sentamos em zazen precisamos abrir mão das nossas metas e objetivos, sentar zazen simplesmente por sentar zazen e mergulhar no shikantaza – o “simplesmente, justamente, exclusivamente sentar”.

Vamos descobrir o que é este shikantaza, o verdadeiro zazen ensinado pelo mestre Dōgen?”

Isshin-sensei, missionária internacional da Sōtōshū e orientadora da sangha Águas da Compaixão, escreveu este artigo com exclusividade para o site Sobre Budismo.

Imagem, Cris Duarte

Organização: Rodrigo Daien


VOCÊ GOSTARIA DE TER UM ACOMPANHAMENTO ONLINE, EM GRUPO, COM UM TUTOR, DENTRO DE UMA ESTRUTURA ORGANIZADA, PASSO A PASSO COM ENSINAMENTOS BUDISTAS DO BÁSICO AO AVANÇADO?


ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?

O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Para receber dicas, citações, podcasts, artigos, eventos, dicas de leitura, indicação de filmes, cursos online e presenciais, cadastre-se em nossa lista:

*Você também receberá um manual de meditação passo a passo para iniciantes no email de confirmação.

   

GRUPO TELEGRAM
Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
https://t.me/sobrebudismo


Sou praticante do budismo desde 2011, quando criei o projeto Sobre Budismo. Minha missão é te ajudar a despertar sua verdadeira natureza iluminada através dos ensinamentos dos mestres, mestras e do Buda para, assim juntos, beneficiarmos todos os seres.

2 Comentários

Deixe o seu comentário