fbpx

Sobre Budismo : Budismo, meditação, sabedoria e compaixão para o cotidiano

#Respira-ação – PARTE 4: Limpando e purificando.


By Yago Arruda

Respiração Energizante: A Respiração da Barriga Dupla

A Respiração da Barriga Dupla é excelente para quebrar energias estagnadas no corpo e criar uma sensação de clareza energizada. Pode ser praticado sentado ou deitado. Eu escolhi este através dos meus estudos com o Dharma Ocean, mas supostamente é uma prática de qi gong para limpar os pulmões. Ele literalmente espreme sangue fora dos órgãos e permite que o sangue fresco e os recursos sejam absorvidos. Ele puxa o diafragma para mais perto da espinha na expiração, que é associada com a liberação de energia vital na ioga, e encoraja inalações completas, que o corpo ama. Praticado várias vezes em sucessão, também vai quebrar tudo o que está preso nos órgãos digestivos, que tem um efeito refrescante na mente e no corpo. Energeticamente falando, estamos limpando a ferrugem e os resíduos acumulados da experiência passada e abrindo espaço para que a energia vital fresca surja no corpo sutil. Outra maneira de dizer isso é:isso te deixa no alto .

Para fazer essa prática, haverá alguma conversa anatômica (infelizmente algo que encobriremos de vergonha em nossa sociedade). A inspiração é uma respiração completa tomada na parte mais baixa da barriga, entre o umbigo e o osso púbico; a expiração é igualmente completa e é onde a mágica se encontra. Para espremer tanto quanto possível o ar viciado, vamos puxar o umbigo em direção à coluna e envolver o assoalho pélvico na expiração. Isto é, espremer o esfíncter anal, puxar o períneo (a região cerca de 2,5 cm à frente do ânus) para cima e para dentro do corpo enquanto você puxa a barriga para dentro. Esse engajamento vai levar um pouco de prática para realmente acontecer, mas o recompensa é mais do que vale a pena. Ao inspirar de novo, todo o sistema é convidado a relaxar e a respiração aterrissa na barriga baixa, e com a expiração você engata a parte inferior da pélvis e a barriga novamente. Faça essa respiração por um total de doze vezes. Você pode repetir este ciclo de doze respirações duas ou três vezes, se desejar.

Embora esta prática seja bastante vigorosa, queremos respirar sem criar qualquer tensão. Isso levará algumas tentativas e erros. Observe a tensão habitual, especialmente no pescoço, ombros e mandíbula, onde tendemos a puxar a respiração, em vez de permitir que o diafragma a atraia. Relaxe essas áreas se perceber que está se agarrando. Respiração completa não significa respiração difícil.

Respiração para o equilíbrio: a purificação das nove vezes

Se você não está com sono nem ansioso, este é o seu objetivo de respiração. Você pode conhecer este como “respiração de narinas alternadas”, ou nadi shodhana para os yogis lá fora. Existem muitas variações dessa prática tradicional – darei a versão mais simplificada que conheço. Implica um total de nove respirações deliberadas com algumas pausas curtas. Esta técnica é praticada sentado.

Pegue o dedo indicador esquerdo e leve-o para fora da narina esquerda, sem fechá-lo. Tome uma inspiração confortavelmente cheia através de ambas as narinas. Feche a narina esquerda com o dedo e expire suavemente pela narina direita. Adicione um empurrão curto e staccato no final da expiração movendo rapidamente a barriga para dentro. Repita este processo três vezes no total.

Deixe a sua mão relaxar no seu colo e respire naturalmente. Você será capaz de sentir uma mudança sutil no lado direito do seu corpo.

Agora vamos mudar de lado. Leve o dedo indicador para o lado de fora da narina direita, inspire pelas duas narinas, feche a narina direita, expire para fora do lado esquerdo com um pequeno empurrão no final da cauda. Repita um total de três vezes.

Deixe sua mão relaxar depois de completar três ciclos. Respire calmamente e observe qualquer mudança na sensação do lado esquerdo.

“QUERO LEMBRÁ-LO DE QUE NÃO ESTAMOS AQUI PARA FAZER UM INIMIGO DE QUALQUER COISA OU ALGUÉM EM NOSSA PRÁTICA. ESTAMOS AQUI EM UMA MISSÃO DE SUPREMA SIMPATIA, NÃO COMO UM SENHOR DE TERRAS ENFURECIDO EXPULSANDO INVASORES INDESEJADOS”.

Em seguida, faça três respirações da mesma maneira, mas com ambas as narinas sem obstruções. Inspire pelas duas narinas, depois expire pelas duas narinas, acrescentando o leve empurrão no final. Simplesmente relaxe quando terminar e permita que os benefícios surjam no corpo.

Com todas as práticas de respiração, é útil ter uma sensação de energia parada e estagnada, deixando o corpo na expiração e a energia fresca entrando na inspiração. Você também é bem-vindo a imaginar a luz quente entrando em seu corpo na inspiração e a fumaça escura saindo do corpo ao expirar. Dito isso, quero lembrá-lo de que não estamos aqui para fazer um inimigo de qualquer coisa ou alguém em nossa prática. Estamos aqui em uma missão de suprema simpatia, não como um senhor de terras enfurecido expulsando invasores indesejados. Estamos simplesmente auxiliando quaisquer energias que desejem partir ao fazê-lo, e preenchendo esse espaço com algo que apoiará todo o nosso sistema nesse meio tempo.

Texto do livro: O Macaco é o Mensageiro.

Fonte: https://www.shambhala.com/how-you-breathe-is-how-you-feel/

Junte-se a milhares de leitores rumo a iluminação





Nos encontre também: Youtube | Instagram | Podcast | Facebook