Por que meditar? A arte de meditar - Matthieu Ricard - Blog Sobre Budismo

A arte de meditar – Por que meditar?

Por que meditar? A arte de meditar - Matthieu Ricard - Blog Sobre Budismo

O texto a seguir foi extraído do livro, “A arte de meditar”, por Matthieu Ricard, páginas 11-12.

Examinamos sinceramente nossa existência. Como está nossa vida? Quais foram até agora nossas prioridades e o que queremos para o tempo de vida que nos resta?

Somos um misto de sombras e luzes, de qualidades e defeitos. Seria essa uma maneira de ser ideal, um fato inevitável? Se assim não for, o que fazer? Essas perguntas merecem ser feitas, sobretudo, se sentimos que uma mudança é possível e desejável.

Contudo, no Ocidente, devido às atividades que consomem, da manhã à noite, uma parte considerável de nossa energia, temos menos tempo para nos debruçar sobre as causas fundamentais da felicidade. Imaginamos que, mais ou menos conscientemente, quanto mais multiplicamos nossas atividades, mais as sensações se intensificam e mais nossa insatisfação é estancada. Na realidade, muito são aqueles que, ao contrário, se sentem decepcionados e frustrados com o modo de vida contemporâneo. Sentem-se desarmados, mas não veem outra solução porque as tradições que preconizam a própria transformação estão fora de moda. As técnicas de meditação visam transformar a mente. Não é necessário atribuir-lhes um rótulo religioso particular. Cada um de nós tem uma mente, cada um pode trabalhar com ela.

Publicado por

Leonardo Ota

☸️Fundador do Sobre Budismo, praticante do Budismo desde 2011, venho ajudando simpatizantes e iniciantes no #Budismo a entrarem em contato com as práticas e os ensinamentos de #Buda (Dharma).

Acompanhamento Online (Tutoria)

Se na sua cidade não tem grupos budistas, você é simpatizante ou iniciante no budismo, não sabe por onde começar e quer uma direção para iniciar sua jornada, passo a passo, em grupo, do básico ao avançado, clique no botão a seguir:

6 comentários em “A arte de meditar – Por que meditar?”

  1. Muito belo,o esinamento budista é o único no qual me sinto confiante,a meditação traz uma calma que o mundo de hoje nos retira,é bom ter a conciêcia de estar presente em qual for a situação e é miito bom estar em sintonia com a mente.Muito obrigado pelo texto.

  2. a generosidade e tamanha que em parte nenhuma do texto se falou em religião e sim em meditar, ou seja, independente de qualquer crença

Deixe uma resposta para Jayr Motta Cancelar resposta