fbpx
Monge meditando - Blog Sobre Budismo
Posts antigos

Meditação estabilizadora – Shamatha

Monge meditando - Meditação estabilizadora - Shamata

Em geral, este tipo de meditação é usado para desenvolver o que é conhecido como concentração unidirecionada — um pré-requisito para qualquer insight duradouro. O objetivo é concentrar-se sobre um objeto — a respiração, a natureza da própria mente, um conceito, uma imagem visualizada — sem interrupção.

A meditação estabilizadora

Em páli samatha, sânsc. shamatha, chin. chih, jap. shi, tib. shine/ zhi nas. A concentração sem interrupção é o exato oposto do nosso estado comum da mente. Se você se voltar para o seu interior por alguns momentos, perceberá sua mente pulando de uma coisa para outra: um pensamento de algo que você fará depois, um som de fora, um amigo, algo que aconteceu antes, uma sensação física, uma xícara de café. Nunca precisamos dizer para a mente, “Pense!” ou “Sinta!”; ela está sempre ocupada com alguma coisa, apressada, com uma energia própria.

Com essa mente dispersa e descontrolada, há pouca oportunidade de sucesso em qualquer coisa que façamos, seja lembrar um número de telefone, cozinhar uma refeição ou conduzir um trabalho. E certamente, sem uma concentração com sucesso, a meditação não é possível.

A meditação estabilizadora não é fácil, mas é essencial para trazer a mente ao seu controle. Apesar do desenvolvimento da real concentração unidirecionada ser o trabalho dos yogis, não precisamos fazer um retiro nas montanhas para experienciar os benefícios deste tipo de meditação: mesmo no cotidiano da vida urbana, podemos desenvolver uma boa concentração ao fazer, regularmente, dez quinze minutos por dia de meditação estabilizadora — manter a mente focalizada em um único objeto e deixar todos os outros pensamentos irem. Ela traz um senso imediato de espaçosidade e nos permite ver os trabalhos de nossa mente mais claramente, tanto durante a meditação quanto através do resto do dia.

(McDonald, Kathleen. How to Meditate: A Practical Guide.
Editado por Robina Courtin. Ithaca: Snow Lion, 1998. Pág. 17-22.)

Meditação como caminho, a base da lucidez

Neste vídeo o meu mestre, Lama Padma Santem, ensina de forma objetiva o que é, e como praticar meditação Shamata. No início, quando começamos aprender a meditar, a melhor sugestão é como dizem no Zen: apenas sente.


(Caso você não consiga visualizar o vídeo, clique no link a seguir: Meditação como caminho, a base da lucidez – Lama Padma Santem)

Tudo o que somos nasce com nossos pensamentos. Em nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo.
— Buda


VOCÊ GOSTARIA DE TER UM ACOMPANHAMENTO ONLINE, EM GRUPO, COM UM TUTOR, DENTRO DE UMA ESTRUTURA ORGANIZADA, PASSO A PASSO COM ENSINAMENTOS BUDISTAS DO BÁSICO AO AVANÇADO?


ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?

O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Para receber dicas, citações, podcasts, artigos, eventos, dicas de leitura, indicação de filmes, cursos online e presenciais, cadastre-se em nossa lista:

*Você também receberá um manual de meditação passo a passo para iniciantes no email de confirmação.

   

GRUPO TELEGRAM
Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
https://t.me/sobrebudismo


Sou praticante do budismo desde 2011, quando criei o projeto Sobre Budismo. Minha missão é te ajudar a despertar sua verdadeira natureza iluminada através dos ensinamentos dos mestres, mestras e do Buda para, assim juntos, beneficiarmos todos os seres.

5 Comentários

Deixe o seu comentário