fbpx
História da vida de buda - Blog Sobre Budismo
Posts antigos

História da vida de Buda – 2/2

História da vida de buda - Blog Sobre Budismo
Imagem: Kiran Raj

O texto a seguir foi extraído do livro, “O Caminho Budista – Uma breve introdução”, páginas 18-19 e foi escrito por S. Ema. Chagdud Tulku Rinpoche.

Primeira parte: História da vida de Buda – 1/2

A partir de então, Sidarta Gautama procurou por professores de tradições diferentes, porém em nenhum desses ensinamentos encontrou a resposta de como ir para além do samsara, o ciclo de mortes e renascimentos. Insatisfeito, meditou por seus anos sozinho, sem dormir, na região de Nerazon, na Índia. Nos dois primeiros anos ele comeu um grão de arroz e um pouco de água por dia, nos outros dois anos ele bebia uma gota de água por dia e, nos últimos anos, não comeu e não bebeu. Ao final dos seis anos, muito fraco e exausto, uma mulher lhe ofereceu uma porção de iogurte. Nesse momento ele percebeu que o ascetismo não o levaria à resposta que procurava e descobriu o caminho do meio, isto é, nem o extremo da vida de asceta, nem o da vida de príncipe. Sidarta fez então o compromisso de que, mesmo que o músculos se desprendessem dos ossos, mesmo que o corpo se dissolvesse, ele não sairia do estado de meditação sem encontrar a resposta para a cessação do sofrimento. Sentou-se debaixo da árvore bodhi, em Bodhigaya, na Índia, sobre um tapete de grama oferecido por um camponês, e ali permaneceu até alcançar a iluminação.

Na noite anterior à iluminação, todos os seres negativos do universo tentaram impedir Sidarta Gautama de alcançar seu objetivo e, na forma de relâmpagos, pedras e mulheres bonitas e, atacaram-no. Entretanto, ao chegar perto dele, os objetos transformavam-se em flores. Na manhã do dia seguinte, ele alcançou a iluminação, passando a ser conhecido como Buda, aquele que despertou do sono da ignorância. Depois disso, não falou por 49 dias porque achou que as pessoas não iriam entendê-lo. Ao final desse período, os deuses Brama e Indra lhe ofereceram uma roda de ouro com mil aros e uma concha com a espiral do sentido horário. Com essa oferenda, solicitaram-lhe ensinamentos, e Buda ensinou pela primeira vez. Desde então, os ensinamentos do Darma mantiveram-se, e a linhagem verbal – transmitida de professor para estudante – e mental – também chamada de linhagem mente a mente – nunca foi interrompida. Aos oitenta anos de idade, Buda passou para o parinirvana.

Você pode comprar este livro na Loja Sobre Budismo clicando no link a seguir: O caminho budista.


VOCÊ GOSTARIA DE TER UM ACOMPANHAMENTO ONLINE, EM GRUPO, COM UM TUTOR, DENTRO DE UMA ESTRUTURA ORGANIZADA, PASSO A PASSO COM ENSINAMENTOS BUDISTAS DO BÁSICO AO AVANÇADO?


ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?

O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Para receber dicas, citações, podcasts, artigos, eventos, dicas de leitura, indicação de filmes, cursos online e presenciais, cadastre-se em nossa lista:

*Você também receberá um manual de meditação passo a passo para iniciantes no email de confirmação.

   

GRUPO TELEGRAM
Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
https://t.me/sobrebudismo


Sou praticante do budismo desde 2011, quando criei o projeto Sobre Budismo. Minha missão é te ajudar a despertar sua verdadeira natureza iluminada através dos ensinamentos dos mestres, mestras e do Buda para, assim juntos, beneficiarmos todos os seres.

Deixe o seu comentário