fbpx
Posts antigos

Este pássaro pegou minhas asas

Este pássaro pegou minhas asas, Shambhala - Blog Sobre Budismo

Este trecho foi extraído do blog Shambhala, do post: That Bird’s Got My Wings.

Do livro, “Practicing Peace in Times of War”, por Pema Chödrön, páginas 33-34.

Tradução: Leonardo ota

––

Uma das minhas histórias favoritas sobre o mestre Jarvis [um preso atualmente condenado ao corredor da morte, que tomou votos budistas atrás das grades] foi quando ele ajudou alguns presidiários a se conectarem com o absoluto, com a vasta qualidade de suas próprias mentes. Há um ensinamento que diz que por trás de todo o endurecimento, aperto e rigidez do coração, há sempre o medo. Mas se você tocar o medo, por trás dele há um ponto fraco. E se você tocar nesse ponto fraco, você encontrará o vasto céu azul. Você acha que é indescritível, incompreensível, e imparcial, que podem apoiar e despertar-nos a qualquer momento. E de algum modo Jarvis, nessa história de tentar evitar o mal, transmitiu esta abertura fundamental para os outros detentos.

Um dia, tinha uma gaivota no quintal em San Quentin. Tinha chovido e a gaivota estava nadando em uma poça. Um dos presos pegou algo no quintal e estava prestes a jogar no pássaro. Jarvis nem sequer pensou – ele automaticamente colocou a mão no meio para para-lo. É claro que isso deixou o homem irritado e ele começou a gritar. Quem diabos você pensa que é? E por que havia de se preocupar tanto com um maldito pássaro?

Começaram a fazer uma roda em volta deles, só esperando a briga. O outro detento gritava com Jarvis, “Por que você fez isso?” E da boca de Jarvis vieram essas palavras, “Eu fiz isso por que esse pássaro pegou minhas asas.”

Todo mundo entendeu. Ele simplesmente parou suas mentes, suavizou seus corações e, em seguida, todos ficaram em silêncio.

Veja também

Se você está começando no caminho no budista, acesse:
[button link=”https://sobrebudismo.com.br/introducao-ao-budismo-2/” color=”green” size=”xsmall”]Introdução ao Budismo[/button]

Para saber mais sobre meditação, acesse:
[button link=”https://sobrebudismo.com.br/meditacao/” color=”yellow” size=”xsmall”]Meditação[/button]

––


VOCÊ GOSTARIA DE TER UM ACOMPANHAMENTO ONLINE, EM GRUPO, COM UM TUTOR, DENTRO DE UMA ESTRUTURA ORGANIZADA, PASSO A PASSO COM ENSINAMENTOS BUDISTAS DO BÁSICO AO AVANÇADO?


ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?

O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


RECEBA NOVIDADES POR EMAIL

Para receber dicas, citações, podcasts, artigos, eventos, dicas de leitura, indicação de filmes, cursos online e presenciais, cadastre-se em nossa lista:

*Você também receberá um manual de meditação passo a passo para iniciantes no email de confirmação.

   

GRUPO TELEGRAM
Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
https://t.me/sobrebudismo


Sou praticante do budismo desde 2011, quando criei o projeto Sobre Budismo. Minha missão é te ajudar a despertar sua verdadeira natureza iluminada através dos ensinamentos dos mestres, mestras e do Buda para, assim juntos, beneficiarmos todos os seres.

2 Comentários

Deixe o seu comentário