fbpx

Sobre Budismo : Budismo, meditação, sabedoria e compaixão para o cotidiano

Entenda isso se você não quiser se ver como um problema


By Jigme Wangchuck (Leonardo Ota)

Quando acordamos de manhã, muitos de nós entramos em nossos telefones ou computadores automaticamente, começamos a ler, checamos mensagens, respondemos a coisas e passamos pelo mundo on-line no piloto automático.

Nós também passamos o nosso dia assim, lidando com o estresse e nos tornando cada vez mais sobrecarregados, esquecendo-nos de estar atentos e presentes.

Na maior parte do tempo, tudo parece normal. Estamos nos gerenciando. Nos bons dias, as coisas correm muito bem. Nos dias ruins, a frustração e o estresse chegam até nós de forma avassaladora.

Mas e se pudéssemos mudar tudo de uma maneira mágica?

O que aconteceria se mudássemos a maneira como vemos todas as coisas ao nosso redor, incluindo outras pessoas, incluindo nós mesmos, incluindo todas as pequenas coisas que vemos?

Tente isto: veja cada coisa como sagrada.

Veja o que acontece.

Agora, admito que “sagrado” é uma palavra muito pesada para  pessoas que não são espiritualizadas. Literalmente significa “conectado com Deus (ou os deuses)”, e se você não for espiritualista, pode parecer um pouco estranho. Mesmo assim você pode ver as coisas de forma sagrada.

“Sagrado” é simplesmente elevar algo ao nível do divino. Isso pode ser Deus, se você acredita em Deus, mas poderia ser uma divindade do universo, o milagre da existência em cada momento. Se você pensar em como é louco existir e pensar em quão maravilhoso e milagroso é esse universo … eu diria que é divino, não importa no que você acredite.

Olhe para fora: as árvores, as flores e os pássaros que você vê estão cheios de divindade. Eles são absolutamente sagrados. Assim é o vento, as estrelas, a luz do sol caindo sobre os rostos de estranhos, a capacidade de ver cores e de ter uma conversa e conexão com um outro ser humano.

Pense em todas as mudanças:

  • Se você começar a ver as coisas de forma elevada, tudo se tornará belo e agradável.
  • Se você vê outra pessoa como sagrada, então você as trata com respeito e até com amor, você olha profundamente para a beleza de seu ser e para o seu coração partido, você é grato por sua conexão com ela.
  • Se você vê suas posses como sagradas, você não as joga no lixo ou as coloca em um lugar qualquer – você as guarda com cuidado.
  • Se você vê seu trabalho como sagrado, não sente mais que é um fardo, mas um presente. Você faz isso por devoção, com amor, em vez de apenas tentar passar rapidamente por mais um dia.
  • Se você se vê como sagrado, de repente você começa a ver a bondade dentro de si mesmo. Você se trata melhor, colocando comida saudável dentro de si mesmo em vez de lixo.
  • Se você vê o mundo ao seu redor como sagrado, você passa por ele com admiração. Com uma sensação de querer aplaudir o universo por sua criação mágica. Com um senso de propósito, sendo parte deste milagre, querendo apreciá-lo completamente.

Olhe para tudo ao seu redor com admiração e apreço. Trate tudo com respeito e cuidado. Trate os outros como se estivesse se conectando com algo especial. E trate-se como uma manifestação do universo que de alguma forma recebeu a oportunidade de realizar a sua verdadeira natureza sagrada e pura.

Junte-se a milhares de leitores rumo a iluminação





Nos encontre também: Youtube | Instagram | Podcast | Facebook