Sobre Budismo
Sabedoria budista para o cotidiano

Lista completa de artigos

Será que tudo é sofrimento?


By Leonardo Ota

“Buda somente quer que nós reconheçamos o sofrimento quando o mesmo estiver presente

Quer começar no Budismo do ZERO, mas não sabe por onde iniciar?
https://tutoriasobrebudismo.com.br/os-primeiros-passos-no-budismo

Se não estivermos atentos à forma como praticamos, podemos ficar propensos a transformar as palavras do nosso professor numa doutrina ou ideologia.

Como Buda disse que a Primeira Nobre Verdade é o sofrimento, muitos bons alunos dele usaram suas habilidades para provar que, na Terra, tudo é sofrimento.

A teoria dos Três Tipos de Sofrimento foi uma dessas tentativas.

Não é um ensinamento de Buda.

O primeiro tipo de sofrimento é “a dor do sofrimento” (dukkha dukkhata), o sofrimento associado a sentimentos desagradáveis, como a dor de dente, a dor de perder a calma, ou a dor de sentir muito frio num dia de inverno.

O segundo tipo de sofrimento é “o sofrimento de coisas compostas” (samskara dukkhata).

Tudo o que se junta tem que, eventualmente, se separar; portanto, todos os fenômenos compostos são descritos como sendo sofrimento.

Mesmo aqueles fenômenos que ainda não se decompuseram, como as montanhas, os rios e o sol, são vistos como sofrimento, pois irão eventualmente se decompor um dia e causar sofrimento.

Quando você acredita que todo fenômeno composto é sofrimento, como pode encontrar alegria?

O terceiro é “o sofrimento associado à mudança” (viparinama dukkhata).

O nosso fígado pode estar hoje em boas condições, mas quando envelhecer vai nos causar sofrimento.

Sendo assim, não há motivo para celebrar a alegria, uma vez que, mais cedo ou mais tarde, a mesma se transformará em sofrimento.

O sofrimento é uma nuvem negra a envolver tudo.

Alegria é uma ilusão. Somente o sofrimento é real.

Ao lermos isso, poderíamos pensar que Buda estivesse nos oferecendo a teoria de que “todos os fenômenos são sofrimento”, que devemos prová-la em nossa vida diária.

Mas em outras partes dos mesmos sutras, está dito que Buda somente quer que nós reconheçamos o sofrimento quando o mesmo estiver presente, e que reconheçamos a alegria quando o sofrimento estiver ausente.

Thich Nhat Hanh. A Essência dos ensinamentos de Buda (pp. 29-30).


Quer receber conteúdo aprofundado sobre como lidar com a mente agitada e ansiosa, como lidar com as emoções e como se relacionar melhor consigo mesmo, com os outros e com o mundo?

Entre no nosso grupo do Telegram:
CLICANDO AQUI


Lista completa de artigos »

Nos encontre também: Instagram
Podcast no SoundCloud e vídeo no Youtube