fbpx
  • Símbolos

    Símbolos do budismo: Os cabelos de Buda

    Existem muitos fatos interessantes e significados ocultos por trás das estátuas e cabeças de Buda.

    Isso ocorre porque a iconografia de Buda não é tipicamente destinada a representar o Buda em sua forma física, mas para representar o conhecimento e a consciência do Buda que ele adquiriu após atingir a iluminação.

    Existem muitas teorias e discussões sobre os cabelos do Buda. Mas historicamente falando, antes que o Buda Shakyamuni deixasse as riquezas e o palácio como príncipe herdeiro, ele tinha um cabelo comprido e encaracolado. “Como o cabelo é frequentemente usado como uma metáfora para a ilusão ou ignorância do ser humano, para as chamadas ervas daninhas da ignorância”, assim, cortar os cabelos implica eliminar simbolicamente a ignorância.

    O corpo e a mente devem ser mantidos limpos para alcançar o objetivo final da verdadeira compreensão.
    Assim, cortar e barbear os cabelos representam uma espécie de determinação para manter o corpo e a mente limpos e, em seguida, atingir a iluminação e salvar todos os seres.

    Claro, não sabemos realmente como era o Buda histórico, pois as primeiras estátuas de Buda e cabeças de Buda foram criadas apenas cerca de 200 anos após sua morte.


    ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?


    O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

    O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


    LOJA SOBRE BUDISMO
    Comprando na nossa Loja virtual você também estará ajudando a manter o projeto Sobre Budismo e o Podcast Iluminação Diária oferecendo conteúdo gratuitamente de alto valor para todos.
    https://loja.sobrebudismo.com.br/


    PODCAST ILUMINAÇÃO DIÁRIA
    Se você ouve no Spotify, SoundCloud, Itunes Store, Google Podcast ou Deezer, siga, compartilhe, deixe uma avaliação, comente este podcast.
    E eu te desafio a compartilhar esse podcast com 3 amigos.
    https://sobrebudismo.com.br/todos-os-posts/


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/sobrebudismo


    INSTAGRAM
    https://www.instagram.com/sobrebudismo/


    BIOGRAFIA COMPLETA DO AUTOR DO SOBRE BUDISMO
    https://sobrebudismo.com.br/quem-e-o-sobre-budismo/


  • Podcast Iluminação Diária

    #139 – 35 dicas budista para a vida

    #139 – 35 dicas budista para a vida

     
     
    00:00 / 12:46min
     
    1X
     

    Texto do professor Alex Berzin

    Às vezes nos sentimos perdidos, não sabemos como lidar com os desafios e atingir nossos objetivos. Não conseguimos nem entender como conviver melhor com os outros. Nos ensinamentos budistas tradicionais, encontramos uma abundância de orientações práticas que podem ajudar a qualquer pessoa, de qualquer época e cultura.

    Qualidades a Serem Cultivadas Para Ajudar os Outros

    • Generosidade – em relação ao seu tempo, conselhos, ajuda e posses
    • Autodisciplina – para evitar comportar-se ou falar de forma destrutiva, e para ajudar os outros de todas as formas possíveis
    • Paciência – para não ficarmos com raiva ou frustrados com as dificuldades que podemos encontrar ao ajudar os outros
    • Coragem e perseverança – para seguir em frente, independente das dificuldades
    • Estabilidade mental e emocional – para permanecer focado e não se desviar do caminho
    • Discernimento – para distinguir o que ajuda e o que atrapalha, e o que é apropriado e inapropriado.

    Formas de Ser uma Influência Positiva

    • Ser generoso – com seu tempo, interesse e energia
    • Falar com gentileza – consciente de que aquilo que diz, e também a forma como diz, afeta os outros
    • Falar e agir de maneira significativa – encorajando os outros a desenvolver suas habilidades construtivas
    • Dar bons exemplos – praticando aquilo que aconselha aos outros.

    Formas de Alcançar Seus Objetivos Positivos

    • Ter um objetivo claro – certificar-se de que a meta é realista e confiar em sua capacidade de alcançá-la
    • Manter a autodisciplina – para manter-se focado em seu objetivo, sem se desviar do caminho ou se sabotar.
    • Ser generoso – em relação ao tempo e ao esforço que dedica a atingir seu objetivo.
    • Ter uma mente aberta – continuar sempre aprendendo, pois isso o ajudará a atingir seu objetivo
    • Manter a dignidade – não agir de forma vergonhosa, que faça com que seja mais difícil atingir seu objetivo.
    • Manter-se preocupado – com o fato de que qualquer comportamento irresponsável irá afetar negativamente o grupo.
    • Discernir cuidadosamente – entre o que pode ajudar e o que pode atrapalhar seu progresso.

    Qualidades a Serem Cultivadas para Você Atingir Seus Objetivos Positivos

    • Contentamento – em atingir um objetivo realista, sem cobiçar coisas que estão fora de sua realidade
    • Não se frustrar, não se ressentir e não agir com antagonismo – quando algo inevitavelmente dá errado.
    • Manter-se focado no objetivo – e nos benefícios que ele lhe proporcionará quando alcançá-lo
    • Domar sua mente – para permanecer calmo e manter o equilíbrio emocional, independente do que aconteça
    • Estar sempre consciente de que tudo muda – não importa seu estado de humor atual, seus estados mentais e emocionais não são fixos ou permanentes, mas podem ser melhorados
    • Manter a paz de espírito – por saber que está dando o melhor de si.

    Formas de Controlar sua Vida

    • Não coloque-se em uma posição em que não possa tomar suas próprias decisões – isso pode lhe levar a comprometer seus princípios e fazer coisas de que poderá se arrepender
    • Evite trair, se estiver em um relacionamento amoroso– isso inevitavelmente lhe trará problemas e complicações.
    • Não busque uma posição elevada, na qual tenha muitas responsabilidades – isso tomará todo o seu tempo e energia
    • Não permita que os outros o influenciem a mudar seus hábitos positivos, como o hábito de comer de forma saudável, não fumar e fazer exercícios – isso pode danificar sua saúde e bem estar.
    • Não se comprometa a fazer algo que não conseguirá fazer – isso fará com que perca a autoconfiança.
    • Evite agir com imprudência – isso só lhe trará consequências negativas.

    Qualidades a Serem Desenvolvidas para Evitar Problemas em Situações Desafiadoras

    • Não dar muita importância – a elogios e críticas
    • Estar sempre atento para não se agarrar às pessoas ou hostilizá-las – quando encontrar pessoas a quem seja apegado ou que desgoste, respectivamente
    • Não comportar-se de forma contraditória a seus bons princípios – quando se engajar em atividades cotidianas
    • Não ficar obcecado por coisas materiais, se tiver muitas posses e riqueza – a ponto de negligenciar seus objetivos mais elevados
    • Não sentir pena de si mesmo – quando estiver doente ou com dor, usar essas coisas para desenvolver sua força interna e caráter
    • Trabalhar para superar seus obstáculos e realizar plenamente seus potenciais positivos – sempre.

    ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?


    O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

    O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


    LOJA SOBRE BUDISMO
    Comprando na nossa Loja virtual você também estará ajudando a manter o projeto Sobre Budismo e o Podcast Iluminação Diária oferecendo conteúdo gratuitamente de alto valor para todos.
    https://loja.sobrebudismo.com.br/


    PODCAST ILUMINAÇÃO DIÁRIA
    Se você ouve no Spotify, SoundCloud, Itunes Store, Google Podcast ou Deezer, siga, compartilhe, deixe uma avaliação, comente este podcast.
    E eu te desafio a compartilhar esse podcast com 3 amigos.
    https://sobrebudismo.com.br/todos-os-posts/


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/sobrebudismo


    INSTAGRAM
    https://www.instagram.com/sobrebudismo/


    BIOGRAFIA COMPLETA DO AUTOR DO SOBRE BUDISMO
    https://sobrebudismo.com.br/quem-e-o-sobre-budismo/


  • Podcast Iluminação Diária

    #138 – A impermanência das coisas

    #138 – A impermanência das coisas

     
     
    00:00 / 10:08min
     
    1X
     

    Este texto é do grande mestre Chagdud Tulku Rinpoche que ensinou no Brasil e fundou o Chagdud Gonpa Brasil.

    “A vida é como um piquenique em uma tarde de domingo — ela não dura muito tempo. Só olhar o sol, sentir o perfume das flores ou respirar o ar puro já é uma alegria. Mas se tudo o que fazemos é ficar discutindo onde pôr a toalha, quem vai sentar em que canto, quem vai ficar com o peito ou a coxa do frango…, que desperdício! Mais cedo ou mais tarde o tempo fecha, a tarde cai e o piquenique acaba. E tudo o que fizemos foi ficar discutindo e implicando uns com os outros. Pense em tudo que se perdeu.

    Você pode estar se perguntando: se tudo é impermanente, se nada dura, como pode alguém viver feliz? É verdade que não podemos, de fato, agarrar ou nos segurar às coisas, mas podemos usar esse conhecimento para olhar a vida de modo diferente, como uma oportunidade muito breve e rara. Se trouxermos à nossa vida a maturidade de saber que tudo é impermanente, vamos ver que nossas experiências serão mais ricas, nossos relacionamentos mais sinceros, e teremos maior apreciação por tudo aquilo que já desfrutamos.

    Também seremos mais pacientes. Vamos compreender que, por pior que as coisas possam parecer no momento, as circunstâncias infelizes não podem durar. Teremos a sensação de que seremos capazes de suportá-las até que passem. E com maior paciência seremos mais delicados com as pessoas a nossa volta. Não é tão difícil manifestar um gesto amoroso quando nos damos conta de que talvez nunca mais estaremos com a nossa tia-avó. Por que não deixá-la feliz? Por que não dispor de tempo para ouvir todas aquelas histórias antigas?

    Chegar à compreensão da impermanência e ao desejo autêntico de fazer os outros felizes nesta breve oportunidade que temos juntos, constitui o começo da verdadeira prática espiritual. É esse tipo de sinceridade que efetivamente catalisa a transformação em nossa mente e em nosso ser.
    Não precisamos raspar a cabeça nem usar vestes especiais. Não precisamos sair de casa nem dormir em uma cama de pedras. A prática espiritual não requer condições austeras — apenas um bom coração e a maturidade de compreender a impermanência. Isso nos fará progredir.”


    ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?


    O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

    O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


    LOJA SOBRE BUDISMO
    Comprando na nossa Loja virtual você também estará ajudando a manter o projeto Sobre Budismo e o Podcast Iluminação Diária oferecendo conteúdo gratuitamente de alto valor para todos.
    https://loja.sobrebudismo.com.br/


    PODCAST ILUMINAÇÃO DIÁRIA
    Se você ouve no Spotify, SoundCloud, Itunes Store, Google Podcast ou Deezer, siga, compartilhe, deixe uma avaliação, comente este podcast.
    E eu te desafio a compartilhar esse podcast com 3 amigos.
    https://sobrebudismo.com.br/todos-os-posts/


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/sobrebudismo


    INSTAGRAM
    https://www.instagram.com/sobrebudismo/


    BIOGRAFIA COMPLETA DO AUTOR DO SOBRE BUDISMO
    https://sobrebudismo.com.br/quem-e-o-sobre-budismo/


  • Impermanência

    Acostumando-se com a mudança

    Sabe qual é a origem do nosso sofrimento? Querer agarrar o que por natureza está em movimento constante.

    Uma de minhas mestras, Jetsunma Tenzin Palmo diz:

    Impermanência. Tentamos fazer com que as coisas fiquem do jeito que estão, nos agarramos à ideia de permanência. Normalmente, somos muito resistentes à ideia de mudança, em especial de mudança naquilo que prezamos. Claro que gostamos de que as coisas mudem, quando se trata de algo de que não gostamos; mas, quando é algo de que gostamos, seguramos.

    – Jetsunma Tenzin Palmo

    Ou seja, tudo está sempre mudando, tudo é impermanente, todos nós sabemos disso. O ponto é: como podemos lidar com isso?

    Observando sobre a minha forma de lidar com a mudança, a primeira coisa que me recordo é do desconforto.

    Não é fácil lidar com a mudança quando ela se aplica as coisas que gostamos.

    Lembro quando as coisas mudaram repentinamente no meu trabalho e fui mandado embora.

    Tenho várias experiências para compartilhar, mas no momento esse exemplo consegue ilustrar o que quero dizer.

    Tenho várias experiências para compartilhar, mas no momento esse exemplo consegue ilustrar o que quero dizer.

    Ficarmos à vontade com o fluxo das coisas, ficarmos à vontade ao estarmos inseguros, essa é a maior segurança, pois nada pode nos tirar do prumo.

    – Jetsunma Tenzin Palmo

    É uma sensação horrível, parece que fiquei sem chão. O que iria fazer a partir daquele momento?

    Quando aprendemos a lidar com a impermanência, ou seja, quando ficamos seguros e tranquilos pelo fato de que as coisas sempre irão mudar, tanto a que gostamos, quanto as que não gostamos, entramos em um estado de calma por saber que essa é a verdadeira natureza das coisas.

    Não adianta entender isso apenas intelectualmente. Precisamos sentir isso em nossa experiência, essa tranquilidade para lidar com a mudança.

    É simples? Não. É fácil? Não. É Rápido? Não. Mas é possível e acessível.

    Minha mestra diz:

    Ai está o segredo, como aprender a lidar com a impermanência?

    Somente quando aceitarmos e entendermos profundamente em nosso ser, que as coisas mudam de momento a momento e nunca param um instante sequer, só então conseguiremos soltar. E, quando realmente soltamos dentro de nós, o alívio é enorme.

    – Jetsunma Tenzin Palmo

    Precisamos soltar a ideia de que as coisas devem ficar paradas, represadas, presas, imóveis, permanentes.

    Para isso precisamos nos familiarizar, refletir e meditar sobre o fato da mudança.

    Nosso corpo muda, nossa mente, muda, nossa vida muda, tudo muda. Pense em cada detalhe em vários níveis.

    Reflita sobre a mudança de forma detalhada e aplicada a todos os aspectos da sua vida, família, trabalho, amigos, financeiro, amoroso….

    Aspiro que você possa colocar isso em prática.

    É a mudança de deixar de segurar com muita força para segurar bem de leve.

    – Jetsunma Tenzin Palmo

    Deixe seu comentário sobre como você lida com a mudança sobre as coisas que você gosta. Sua participação é super importante para o nosso site, pois sua opinião e comentário importam para nós. Gratidão!


    ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?


    O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

    O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


    LOJA SOBRE BUDISMO
    Comprando na nossa Loja virtual você também estará ajudando a manter o projeto Sobre Budismo e o Podcast Iluminação Diária oferecendo conteúdo gratuitamente de alto valor para todos.
    https://loja.sobrebudismo.com.br/


    PODCAST ILUMINAÇÃO DIÁRIA
    Se você ouve no Spotify, SoundCloud, Itunes Store, Google Podcast ou Deezer, siga, compartilhe, deixe uma avaliação, comente este podcast.
    E eu te desafio a compartilhar esse podcast com 3 amigos.
    https://sobrebudismo.com.br/todos-os-posts/


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/sobrebudismo


    INSTAGRAM
    https://www.instagram.com/sobrebudismo/


    BIOGRAFIA COMPLETA DO AUTOR DO SOBRE BUDISMO
    https://sobrebudismo.com.br/quem-e-o-sobre-budismo/


  • Podcast Iluminação Diária

    #137 – Karma não é destino

    #137 – Karma não é destino

     
     
    00:00 / 09:27min
     
    1X
     

    Ensinamento de Traleg Rinpoche Rinpoche

    Você não pode negar sua herança kármica, disse o último Traleg Rinpoche, mas isso não significa que não pode mudar.

    As críticas ao conceito de karma frequentemente são centradas na noção de responsabilidade individual e sugerem que essa noção gera uma atitude de antipatia em relação aos outros e leva a uma tendência à culpa. O pobre é culpado por ser pobre, e assim por diante. Diz-se, erroneamente, que o budismo culpa os indivíduos por todas as suas circunstâncias e nega-lhes o poder de ação.

    Se somos pobres, por exemplo, podemos acreditar, de imediato, que ficaremos assim até acabarem as dívidas cármicas; e então, depois da morte, podemos renascer em circunstâncias afortunadas, quem sabe, nos tornando um rico empreendedor. Entretanto, este tipo de pensamento não combina com a ênfase do budismo na interconectividade de tudo, que confirma a abundante complexidade de influências sobre as pessoas, incluindo seu ambiente.

    Certamente o budismo contem a ideia de um acúmulo de carma, impressões, disposições, probabilidades ao longo de nossa vida – padrões de comportamento adquiridos, etc. Mesmo assim, isso não quer dizer que simplesmente esperamos por um karma particular impresso ou dívidas ou heranças que evaporam ou desaparecem, antes que alguma coisa possa ser feita. A teoria kármica do budismo não é semelhante ao fatalismo ou predeterminação. Nós temos poder de escolha (livre arbítrio) em nossas ações. Se não tivéssemos, então a teoria kármica poderia verdadeiramente produzir julgamentos e atitudes moralistas, e os ensinamentos do Buda seriam muito menos inspiradores e muito menos efetivos.

    A teoria kármica não tem se fixado em particularidades como essa e não está ligada a uma ordem moral estática. Evidentemente que um elemento de determinismo está envolvido e isso deve ser aceito. Nós somos quem somos por causas de nossa herança kármica.

    Poderíamos não ser como nós somos sem essa herança, mas isto não significa que temos que permanecer assim. O ponto em questão é que a teoria kármica nos encoraja a pensar: “Eu posso me transformar na pessoa que eu quero ser e não insistir naquilo que já sou”. Esta seria uma compreensão adequada da teoria budista de karma.


    ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?


    O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

    O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos. Você ainda receberá recompensas por isso.


    LOJA SOBRE BUDISMO
    Comprando na nossa Loja virtual você também estará ajudando a manter o projeto Sobre Budismo e o Podcast Iluminação Diária oferecendo conteúdo gratuitamente de alto valor para todos.
    https://loja.sobrebudismo.com.br/


    PODCAST ILUMINAÇÃO DIÁRIA
    Se você ouve no Spotify, SoundCloud, Itunes Store, Google Podcast ou Deezer, siga, compartilhe, deixe uma avaliação, comente este podcast.
    E eu te desafio a compartilhar esse podcast com 3 amigos.
    https://sobrebudismo.com.br/todos-os-posts/


    GRUPO TELEGRAM
    Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:
    https://t.me/sobrebudismo


    INSTAGRAM
    https://www.instagram.com/sobrebudismo/


    BIOGRAFIA COMPLETA DO AUTOR DO SOBRE BUDISMO
    https://sobrebudismo.com.br/quem-e-o-sobre-budismo/