fbpx
Palavras de compaixão

#11 – 4 passos para praticar atenção plena em qualquer experiência do dia a dia

Quando estou lavando louça, organizando uma gaveta ou praticando caligrafia sagrada tibetana, tento praticar atenção plena. Nem sempre consigo, mas é uma busca diária.

Muitos acreditam que os ensinamentos budistas são complexos ou difíceis de serem aplicados e só Monges, Lamas, Mestres ou Gurus conseguem, na verdade, o Dharma (ensinamentos) do Buda podem ser praticados por qualquer pessoa.

Tudo começa pela respiração

Como o grande mestre Vietnamita, Thich Nhat Hanh, explica:

“Enquanto inspira, você pode se conectar ao seu corpo. Traga sua mente de volta para a casa do seu corpo e lembre-se que tem um corpo”
– Thich Nhat Hanh

Na minha experiência, faço da seguinte forma, vamos supor que eu esteja praticando caligrafia sagrada tibetana:

  1. Quando estou fazendo cada traço com o pincel, começo relaxando e focando na respiração, nas sensações do meu corpo, no toque da minha mão no papel, da tinta passando pela superfície, vou sentindo tudo e respirando naturalmente;
  2. Depois ao executar um movimento, permaneço com o corpo quieto, continuo respirando naturalmente e relaxando;
  3. Por fim, mantenho o foco da minha atenção na minha inspiração e isso traz vivacidade para a minha mente.

“Inspirando, estou atento ao meu corpo como um todo. Expirando, estou atento ao meu corpo como um todo”
– Thich Nhat Hanh

Agora vou te mostrar 4 passos simples e práticos para você aplicar atenção plena no seu dia a dia.

  1. Relaxamento: inicie qualquer atividade focando nas sensações do corpo, no contato com a superfície que você estiver, cadeira, chão, cama, qualquer lugar, vá respirando naturalmente e relaxando.
  2. Movimente-se com atenção: procure, ao executar uma tarefa, movimentar-se de forma atenta a cada instante, perceba todos os movimentos que você faz com os braços, pernas, tronco, o ambiente ao seu redor.
  3. Vivacidade: se sua mente estiver letárgica ou cansada, foque na inspiração, pois isso ajudará a manter sua mente mais atenta e alerta. Já, se sua mente estiver agitada ou ansiosa, mantenha sua atenção expiração, vá soltando todas as tenções e continue respirando naturalmente.
  4. Recordar: a chave é recordar-se o tempo todo da respiração, mas de forma consciente, prestar atenção na entrada e saída do ar pelas narinas, nos seus movimentos, no ambiente, estar atento o tempo todo e alerta. Pratique isso sempre que se lembrar, no trânsito, sentado, comendo, trabalhando, lembre-se vez após vez.

“Quando você está presente e concentrado(a), você pode entrar em contato profundo com as maravilhas dentro de si e à sua volta.”
– Thich Nhat Hanh

Você pode aplicar esses 3 passos em todas as experiências do dia a dia, pois quando fazemos tudo com atenção plena, presentes, conscientes, aproveitando cada momento, temos mais gratidão, felicidade e contentamento pela vida.

Me conte, quais são as atividades que você mais se distrai no dia a dia?


BOLETIM ONLINE 1-1-1-1-1

Se você é simpatizante ou iniciante no Budismo e deseja receber conteúdo para te ajudar a aplicar os ensinamentos budistas no cotidiano e a lidar com as adversidades do dia a dia, cadastre seu email e receba indicações de: 1 Podcast – 1 Citação – 1 Café com Dharma – 1 Gotas de sabedoria – 1 Live. (Você também receberá um guia de meditação passo a passo para iniciantes)

   

ESSE CONTEÚDO TE BENEFICIOU OU GEROU ALGUM VALOR? SE A RESPOSTA FOR SIM, PODEMOS PEDIR SEU APOIO?

O Sobre Budismo é um projeto sem fins lucrativos. Nossa missão é compartilhar a sabedoria dos ensinamentos do Buda, mestres e mestras contemporâneos - inspirar, confortar, apoiar e esclarecer os temas budistas aos leitores. Nossa aspiração é manter o SobreBudismo.com.br disponível para todos, inspirando e apoiando o acesso a todos os interessados, de iniciantes e simpatizantes a meditadores comprometidos. Você compartilha da nossa aspiração? Não podemos fazer isso sem o seu apoio.

O Sobre Budismo é independente, imparcial, voluntário, sem fins lucrativos e é suportado por leitores e ouvintes como você. Faça uma doação financeira e ajude a manter todo o nosso conteúdo gratuito e acessível a todos.


SE VOCÊ É SIMPATIZANTE, CURIOSA(O) OU INICIANTE, NÃO SABE POR ONDE COMEÇAR E DESEJA RECEBER UM ACOMPANHAMENTO ONLINE, EM GRUPO, PASSO A PASSO PARA INICIANTES, DO BÁSICO AO AVANÇADO, SOBRE BUDISMO:


GRUPO TELEGRAM
Quer receber dicas, conteúdo e conhecer outros simpatizantes budistas? Entre no grupo do Telegram clicando no link:


Sou praticante do budismo desde 2011, quando criei o projeto Sobre Budismo. Minha missão é te ajudar a despertar sua verdadeira natureza iluminada através dos ensinamentos dos mestres, mestras e do Buda para, assim juntos, beneficiarmos todos os seres.

Deixe o seu comentário