Sobre Budismo
Sabedoria budista para o cotidiano

Lista completa de artigos

#160 – O Buda e o vendedor de cachorro-quente


By Leonardo Ota
Sobre Budismo
Sobre Budismo
#160 - O Buda e o vendedor de cachorro-quente
/

Se ainda não tivemos uma experiência direta da interdependência e da ausência de fronteiras, as coisas podem ficar um tanto quanto abstratas e vagas.

Por exemplo, quando se deparam pela primeira vez com o Caminho do Meio, as pessoas algumas vezes pensam: “Bem, se não podemos encontrar os parâmetros do eu e do outro, isso deve significar que tudo é um”.

Você já ouviu essa piada: “O que o Buda disse para o vendedor de cachorro-quente?” “Faça-me Um com tudo”6. Mas o que isso significa exatamente? Será que significa que tudo é igual?

A maioria de nós argumentaria que não é desse modo que experienciamos o mundo. 

O Buda não disse que tudo é Um. Ele disse que tudo surge em dependência de alguma “outra” coisa. Acredito que, quando as pessoas dizem que tudo é um, elas querem dizer que se sentem conectadas com tudo o que as cerca – e isto sim está relacionado à experiência de interdependência. Se prestamos atenção à linguagem, começamos a compreender sutilezas importantes que mudam a forma como vemos as coisas. 

Esses ensinamentos são de Elizabeth Namgyel.


Quer receber conteúdo aprofundado sobre como lidar com a mente agitada e ansiosa, como lidar com as emoções e como se relacionar melhor consigo mesmo, com os outros e com o mundo?

Entre no nosso grupo do Telegram:
CLICANDO AQUI




Nos encontre também: Instagram
Podcast no SoundCloud e vídeo no Youtube