#153 – Refúgio: As bases instáveis dos objetivos mundanos – Parte 4

#153 – Refúgio: As bases instáveis dos objetivos mundanos – Parte 4

 
 
00:00 / 09:35min
 
1X

Há muitos outros assim ditos “objetivos mundanos” mencionados no budismo além de ter muito dinheiro. A palavra “mundano”, “worldly”, entretanto, tem uma conotação negativa em inglês e parece quase um julgamento. Esse não é o ponto. Meu professor, Serkong Rinpoche, explicou que as duas sílabas da palavra tibetana traduzida como – “mundano” – jig-ten– revelam a verdadeira conotação. Implicam algo com uma base (ten) que irá ruir (jig). Se estivermos perseguindo um objetivo que irá desmoronar, obviamente não pode trazer-nos felicidade duradoura. Somente trará mais problemas, porque não tem nenhuma fundação firme.

Por exemplo, suponha que nosso objetivo na vida é ter uma família maravilhosa, ter muitos filhos, supondo que tomarão conta de nós em nossa velhice e seremos tão felizes e seguros. Bem, isso não funciona sempre assim idealmente, funciona? Um outro exemplo é aspirar ser famoso. Quanto mais famosos nos tornemos, mais as pessoas incomodam a gente e tentam pegar nosso tempo. Podemos olhar para as estrelas de cinema que não podem nem mesmo ir para a rua sem estar usando algum tipo de disfarce porque as pessoas atacam-nas e querem rasgar partes de sua roupa e coisas do gênero. É realmente um inferno ser um superstar.

Se olharmos seriamente para nossas vidas, apenas ter algum tipo de situação material confortável ou um arranjo emocionalmente confortável com aqueles à nossa volta não vai realmente fundo o bastante em termos de ajudar-nos a superar todos nossos problemas na vida. Isto é porque enquanto tivermos raiva, apego, ganância, ciúme, arrogância, ingenuidade e todos estes tipos de coisas, ainda teremos problemas, não importa o quão bem sucedidos estejamos num nível por assim dizer “mundano”.

Os ensinamentos acima são do Prof. Alex Berzin

Publicado por

Leonardo Ota

☸️Fundador do Sobre Budismo, praticante do Budismo desde 2011, venho ajudando simpatizantes e iniciantes no #Budismo a entrarem em contato com as práticas e os ensinamentos de #Buda (Dharma).

Acompanhamento Online (Tutoria)

Se na sua cidade não tem grupos budistas, você é simpatizante ou iniciante no budismo, não sabe por onde começar e quer uma direção para iniciar sua jornada, passo a passo, em grupo, do básico ao avançado, clique no botão a seguir:

Deixe o seu comentário