#122 – Como aplicar a ética universal em três passos

#122 – Como aplicar a ética universal em três passos

 
 
00:00 / 10:18min
 
1X

Ensinamentos por Sua Santidade o 14º Dalai Lama

A mente humana é tanto a fonte quanto, se devidamente orientada para tal, a solução de todos os problemas. Pessoas muito estudadas, mas que não possuem um bom coração, correm o perigo de serem vítimas da ansiedade, a inquietação que resulta dos desejos impossíveis de serem realizados. O conhecimento do mundo material pode facilmente ser uma fonte de pensamentos e sentimentos negativos. Por outro lado, uma compreensão genuína dos valores espirituais gera paz.

Sua Santidade o 14º Dalai Lama

Quando esteve no Centro Dalai Lama de Ética e Valores Transformativos do Instituto de Tecnologia de Massachussets, Sua Santidade explicou por que precisamos falar de ética universal. Ele disse que uma porção significativa das sete bilhões de pessoas deste planeta não possui uma fé, e que não podemos oferecer a essas pessoas um sistema de treinamento da mente que seja fundamentado em uma religião em particular. Disse que é muito importante que esse sistema de treinamento seja fundamentado na ética secular.

Na época, a crise financeira tinha acabado de explodir nos Estados Unidos e na mesma ocasião ele disse que a maioria dos líderes de Wall Street tinham estudado nas universidades mais prestigiadas do país. Como pode a ganância e a dissimulação não terem sido tratadas quando estudaram? Agora, este centro no MIT está engajado em aprender como tratar da ganância, da dissimulação e da negatividade através da compreensão de como as emoções moldam nossas decisões e do entendimento das implicações de longo prazo das decisões que tomamos.

Sua Santidade também falou sobre como colocar a ética universal em prática, sugerindo três pontos:

  • A ética da contenção
  • A ética da virtude
  • A ética do altruísmo e compaixão

A ética da contenção diz respeito a abandonar hábitos negativos do corpo e da fala. Sua Santidade disse que o corpo é grosseiro e a mente é sutil. Se não conseguimos nem controlar o corpo, o que dirá a mente! Observando primeiro os hábitos negativos do corpo e da fala, e depois da mente, exercitamos a contenção ética, o que permitirá com que nos engajemos na ética da virtude. Isso significa melhorar nosso comportamento positivo, como compaixão, bondade, perdão e discernimento. E isso nos leva à ética do altruísmo e compaixão, na qual dedicamos nossa vida aos outros.

Publicado por

Leonardo Ota

☸️Fundador do Sobre Budismo, praticante do Budismo desde 2011, venho ajudando simpatizantes e iniciantes no #Budismo a entrarem em contato com as práticas e os ensinamentos de #Buda (Dharma).

Acompanhamento Online (Tutoria)

Se na sua cidade não tem grupos budistas, você é simpatizante ou iniciante no budismo, não sabe por onde começar e quer uma direção para iniciar sua jornada, passo a passo, em grupo, do básico ao avançado, clique no botão a seguir:

Deixe o seu comentário