Impressões e sensações

Impressões e sensações


Pinterest

 

Dando prosseguimento ao texto do Venerável Nyanatiloka Mahathera com mais duas proposições acerca de paticca samupadda. A foto do texto tem o objetivo de despertar algo da dinâmica das bases e das sensações descritas no texto.

 

5

 

Chegamos agora à quinta proposição: Salayatana-paccaya phasso: “Através das seis bases a impressão sensorial é condicionada. ”[1] Em outras palavras: as impressões visuais são condicionadas pelo olho físico, as impressões de sons pelos ouvidos, as de odores pelo nariz, as de sabores pela língua, as de sensações de objetos tangíveis pelo corpo e as impressões mentais pela base mental ou consciência (manayatana).

As cinco bases (ayatanas) físicas são para as correspondentes impressões sensíveis (phassa) condição mediante fundamento (nissaya) e mediante pré-nascença (purejata) e mediante outras formas mais. Os cinco órgãos dos sentidos não são fundamento apenas para a consciência, conforme visto, mas também para seus concomitantes mentais, portanto, para as impressões dos sentidos. E como estas cinco bases ou órgãos dos sentidos vieram a existência com o nascimento, elas são chamadas de condição via pré-nascença (purejata-paccaya) para o surgimento posterior das cinco impressões dos sentidos.

A base mental ou consciência é, a qualquer momento, para sua impressão sensória ou mental concomitante, uma condição mediante surgimento simultâneo ou co-nascença, etc. Em outras palavras, a consciência-do-olho surge simultaneamente com a impressão visual, consciência-do-ouvido surge simultaneamente com a impressão sonora, etc., e a consciência-da-mente com a impressão mental.

Também as bases físicas externas – os cinco objetos sensórios, como o objeto visual, o som, odor, etc. – estas também são condições indispensáveis para o surgimento das impressões dos sentidos. Uma impressão visual nunca poderia surgir sem o surgimento prévio do objeto visível, impressões sonoras dependem do surgimento prévio do objeto som, etc., Assim, o surgimento das impressões dos sentidos (phassa) depende do surgimento prévio dos objetos visuais, auditivos, etc. Portanto, o surgimento das cinco impressões dos sentidos depende tanto do surgimento prévio e presença dos cinco objetos físicos quanto do surgimento prévio dos cinco órgãos dos sentidos, como dito antes. Desta forma, a impressão sensorial é também condicionada através das cinco bases físicas externas, ou seja, os cinco objetos dos sentidos.

Além disso, como todos os objetos físicos podem também se tornar objetos da consciência mental, conclui-se que eles são também condição para a consciência da mente bem como para seus fenômenos concomitantes, tais como impressões (phassa) mentais, etc. Assim, sem órgãos dos sentidos, e sem objetos dos sentidos não há impressões dos sentidos; sem mente e objetos mentais, não há impressão mental. Portando se diz que: mediante as seis bases sensórias as impressões sensíveis são condicionadas.

 

6

 

Segue-se assim a sexta proposição: Phassa-paccaya vedana: “Através das impressões a sensação é condicionada. ” Existem seis tipos de sensações: associadas com as impressões visuais, com as impressões sonoras, com impressões de odores, de sabores, com impressões corpóreas ou tácteis e sensações associadas com impressões mentais. As sensações corpóreas podem ser agradáveis ou desagradáveis conforme seja resultado de kamma saudável ou prejudicial. As sensações mentais podem ser agradáveis – alegria – desagradáveis a exemplo da tristeza ou podem ainda ser indiferentes. As sensações associadas com impressões visuais, sonoras, de odores e sabores são, como tais, sempre indiferentes, mas podem proceder de objetos desejáveis ou indesejáveis, em conformidade com o kamma de vidas prévias. Qualquer que seja a natureza da sensação – prazerosa ou dolorosa, feliz, infeliz ou indiferente, seja sensação física ou mental – ela sempre será condicionada ou por uma das cinco impressões dos sentidos ou por uma impressão mental. E estas impressões (phassa) são condição para a sensação (vedana) a elas associada mediante co-nascença ou surgimento simultâneo, bem como de muitas outras formas.

Aqui vocês devem lembrar que todos os fenômenos mentais (impressões e sensações inclusas) são necessariamente dependentes um em relação ao outro mediante seu surgir simultâneo, presença, associação, etc. Mas para as sensações associadas com os diferentes estágios da consciência mental que se seguem a uma impressão sensorial, a precedente impressão visual – ou outra impressão qualquer – é um estímulo mediante proximidade (anantar’upanissaya-paccaya). Em outras palavras, a impressão sensorial precedente é um amparo decisivo, ou estímulo, para qualquer sensação ligada à consciência mental subsequente.

Vimos, portanto, como mediante as impressões sensórias e mentais, ou phassa, sensação, ou vedana, é condicionada.

 

Créditos da foto:  http://blog.mapsofworld.com/tag/street-food/

 

[1]A tradução usual e literal de phassa como “contato” é muito ambígua e equívoca. Phassa não denota uma função fisiológica. Mas um fenômeno puramente mental. Encabeça a lista daqueles cinquenta fenômenos que, na classificação budista são postos no grupo das formações mentais (sankhara-kkhandha). Ver Nyanatiloka, Buddhist Dictionary (BPS, 1988), Tábua II: O Grupo das Formações.

Categories

+ There are no comments

Add yours