Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

Glossário


Nesta página irei compartilhar com você o glossário dos livros que leio.

Glossário extraído do livro: O Senhor da Dança – A auto biografia de uma lama tibetano

  • arak (tib., a-rak) uísque
  • Avalokiteshvara (sansc., tib., Tchenrezig, spyan-ras-gzigs) bodisatva da compaixão, corporificando a compaixão de todos os budas e bodisatvas
  • bakshish (hindi) um suborno
  • bardo (tib.) estado intermediário; as várias transições da consciência no ciclo da existência, incluindo o bardo desta vida, o bardo do sonho, o bardo do momento da morte, o bardo da natureza verdadeira da realidade, o bardo do vir-a-ser e o bardo da meditação
  • bep (tib., ‘bebs) na ioga tibetana, uma queda controlada que canaliza as energias sutis do corpo através dos canais sutis para promover estados mais elevados de consciência
  • bodisatva (sansc.) no budismo mahaiana, aquele cuja conduta e realização estão de acordo com a intenção altruísta de trabalhar pelo bem-estar dos seres sencientes, até que todos, sem exceção, alcancem a iluminação
  • Bon, Bonpo (tib.) uma tradição xamanística antiga anterior ao budismo no Tibete; um Bonpo é um praticante do Bon
  • Budismo Hinaiana (sansc., lit. “o veículo menor”) o caminho da prática da salvação pessoal no qual o praticante busca escapar do sofrimento dos ciclos da existência por meio da renúncia e do corte completo de qualquer apego às aparências do mundo.
  • Budismo Mahaiana (sansc., “o grande veículo”) o caminho da prática dos que buscam a liberação do sofrimento não apenas para si mesmos, mas para todos os seres sencientes; o ideal mahaiana é a aquele do praticante heróico que não se entrega à paz total do nirvana até que todos os seres alcancem a iluminação.
  • Budismo Vajraiana (sansc., lit. “o veículo da natureza indestrutível do ser”) um ramo do budismo mahaiana praticado por aqueles que desejam conhecer a natureza absoluta do ser por meio de métodos bastante diretos, transmitidos pelas linhas dos mestres vajraiana;, frequentemente referido como o “caminho curto”
  • caixa de meditação uma peça de mobiliário constituída de um encosto alto, uma plataforma acolchoada para assento e um tampo de mesa; serve tanto como um trino ou como uma cama para os que fazem retiro
  • carma (sansc.) a qualidade inevitável de sausa e efeito pela qual a virtude gera felicidade e a não-virtude gera sofrimento
  • corpo de arco-íris termo que se refere às duas categorias de dissolução do corpo físico de um grande meditador no momento da morte: em uma categoria o corpo se dissolve, deixando para trás apenas unhas e cabelos e na outra o praticante alcança o poder de se manifestar como um corpo de luz
  • dakini (sansc.; tib., khadro, mkha’-‘gro; lit. “aquele que anda no céu”, “dançarina do céu”) o aspecto feminino da sabedoria