fbpx
Podcast Iluminação Diária

#310 Essa é a melhor decisão que você pode tomar para melhorar sua mente

#310 Essa é a melhor decisão que você pode tomar para melhorar sua mente

 
 
00:00 / 11:08min
 
1X
 

Quer melhorar a mente através do Budismo, mas não sabe por onde começar?
Conheça a: http://tutoriasobrebudismo.com.br/

Versão em texto do Podcast:

Olá, tudo bem? 

Eu sou Leonardo Ota, e hoje eu quero trazer um tema que vai te ajudar a melhorar a sua mente. De forma geral, estamos sempre muito ansiosos, com muitos problemas para resolver e muitos obstáculos no dia a dia. Seria interessante que nós aprendêssemos algumas coisas simples que pudessem nos ajudar, não é?

Felizmente, há algumas coisas simples que podem sim nos ajudar a melhorar a mente. E uma delas, que é eficaz, é: começar a meditar um pouquinho todos os dias. É disso que eu vou falar agora.

Como meditar para melhorar a mente

Muitas pessoas me perguntam como meditar e o que fazer com o corpo e com a mente na meditação. Eu tenho um guia de zazen (meditação sentada) da escola Soto Zen, com instruções oficiais da meditação do zen budismo. Eu vou te apresentar alguns elementos desse guia que podem te ajudar a dar esses primeiros passos na meditação. 

Mas antes de começar, tome uma decisão…

Mas antes de começar, vou te dizer uma coisa: você precisa tomar uma decisão. Você precisa decidir meditar. 

Se você tem a consciência de que tem uma mente ansiosa, agitada, decida assim: “eu preciso fazer alguma coisa para melhorar a minha mente”.

Sem essa decisão é muito difícil começar a dar os primeiro passos na meditação, e consequentemente, melhorar a mente. 

Agora sim: como meditar

Agora que você já decidiu que quer meditar, eu vou te mostrar os elementos do guia de meditação. São bem simples. 

Você pode começar a meditar sentado no chão com as pernas cruzadas. Nós, ocidentais, não temos o hábito de sentar no chão, então se você se sentir muito desconfortável pode sentar em uma cadeira.

A postura sentada no chão é a recomendação geral. Pode ser na posição de lótus completo ou birmanesa. Lótus completo é quando você coloca o peito do pé em cima da coxa contrária, cada pé apoiado na coxa oposta, mantendo as pernas cruzadas. As solas dos pés ficam viradas para cima. Esta posição é um pouco difícil, então há a sugestão da posição birmanesa.

Na posição birmanesa você dobra uma das pernas, deixando o pé junto ao seu corpo, em direção à região genital. O joelho deve ficar encostado no chão. A outra perna você dobra e puxa para dentro na frente do outro pé, com o joelho também encostado no chão. 

Caso seus joelhos não encostem no chão, coloque dois chinelos ou duas almofadas embaixo dos joelhos, pois é muito importante que eles fiquem apoiados em um “chão”.

É comum algumas pessoas relatarem um pouco de dor ou desconforto. Persista! Meditação requer esforço. Só com esse esforço você conseguirá melhorar sua mente.

Para pessoas que têm alguma limitação física e não podem sentar no chão, pode-se sentar em uma cadeira. No entanto, não se deve usar o encosto dela: sente-se no terço final da cadeira, na ponta do assento. Mantenha a coluna reta, sem se encostar no encosto da cadeira.

Já falei da postura sentada. Mas e o que fazer com a boca e com os olhos?

A boca permanece fechada, com a ponta da língua tocando o céu da boca, atrás dos dentes. Não deixe o ar ficar preso na boca. Manter a boca fechada ainda traz um benefício: não falamos coisas ruins ou fazemos fofocas, e assim não geramos carma negativo através da nossa fala!

Quanto aos olhos, a direção do olhar é a seguinte: você primeiro olha para frente, desce os olhos para baixo na direção do seu nariz, olhando aproximadamente um metro a sua frente. Os olhos devem ficar entre abertos, semicerrados. Sabe quando estamos com sono e os olhos ficam meio abertos, meio fechados? Essa é a posição dos olhos.

A coluna deve permanecer ereta. Então, resumindo, o corpo deve permanecer assim:

  • Posição das pernas no chão: em lótus ou birmanesa. Ou sentada em cadeira;
  • Coluna ereta;
  • Boca fechada;
  • Olhos semi cerrados.

O mais difícil na meditação não é a posição do corpo, é a mente! Agora eu vou falar da mente.

Você é simpatizante no Budismo e deseja ter um passo a passo do básico ao avançado?
Conheça a: http://tutoriasobrebudismo.com.br/

O que fazer com a mente durante a meditação

Evite focalizar qualquer objeto em particular ou tentar controlar os pensamentos. Quando nós mantemos a postura correta, a respiração se acalma e a mente naturalmente ficará tranquila. 

Quando vários pensamentos surgirem na mente, não fique preso neles, nem lute contra eles. Deixe os pensamentos isolados, permita que eles surjam e desapareçam livremente. O ponto principal é não se distrair nem cair em sonolência ou torpor. 

Meu mestre, Monge Genshô Sensei, sempre orienta: 

“volte sua mente para o momento presente. Não foque na respiração, nem em um ponto na parede, nem em nada”. 

Você deve apenas trazer a mente para o momento presente e permanecer neste momento.

Para quem está iniciando, não é tão fácil manter a mente no presente e não se prender aos pensamentos que vem e vão. Se você se distrair durante a meditação, apenas volte o pensamento ao presente. 

Você já tem muitos sons à sua volta, do próprio ambiente em que está. Você deve ouvi-los, mas sem se apegar. Achou difícil esse conceito? Vou exemplificar:

Se, durante sua meditação,você  ouvir o barulho de um carro passando na rua, apenas ouça o barulho, sem pensar: “qual será a marca e o modelo desse carro?” “esse carro é preto ou branco?”. Isso é o que chamamos de “entrar no pensamento”. Se você entrar no pensamento, irá pensar em outras coisas além dele. No nosso exemplo, pensar sobre o carro vai te levar a pensar em ônibus e depois nos lugares que você precisa ir. 

No início é normal acontecer de você entrar no pensamento, mas lembre-se: quando isso acontecer, apenas traga a mente de volta ao presente. Outra coisa que é normal é, quando você praticar com mais frequência, se perceber com inveja, egoísta e apegado à ilusões.

O segredo de uma boa meditação

Para uma boa meditação e atingir o objetivo de melhorar a mente, o segredo é: continue praticando! Eu pratico meditação a quase dez anos e muitas coisas mudaram do que eu comecei para agora. E o segredo é sempre continuar. 

Eu lembro de uma história de um monge que disse ao seu mestre: “mestre, minha meditação está horrível, minha mente está agitada, não consigo meditar todos os dias”. O mestre respondeu a ele: “calma, meu filho, isso vai passar.” E passou um tempo, o monge voltou e disse ao mestre: “minha meditação está maravilhosa, estou conseguindo praticar com grande frequência e minha mente está tranquila”. E o mestre disse a ele: “calma, meu filho, isso vai passar”.

O que eu quero dizer é que terão dias em que sua meditação será boa e terão dias que não. O importante é continuar. E uma dica: não rotule sua meditação, não considere que ela foi boa ou ruim. Apenas pratique.

Para encerrar, meu último conselho (e talvez o mais importante):

Muitas vezes a pessoa quer praticar, mas procrastina, dizendo que não tem tempo, que é muito ocupado e que não pode. No entanto, a vida dessa pessoa não está bem: o trabalho, os relacionamentos, as finanças, etc. Sabe por que a vida dessa pessoa não está bem? Porque a mente dela não está bem!

Portanto, parafraseando meu mestre Monge Genshô Sensei: “não pense, apenas faça!”. Arrume seu lugar de prática, determine um horário, estipule um tempo para meditar – mesmo que seja um tempo curto – e não se mova até esse tempo estipulado acabar. Pratique! 

Comece sua meditação do jeito que puder, mas comece! A melhor decisão que você pode tomar para melhorar sua mente é a meditação. Então, não perca tempo e decida.

Um grande abraço, até a próxima!

Se na sua cidade não existe grupo budista e você deseja começar a dar os primeiros passos no Budismo
Conheça a: http://tutoriasobrebudismo.com.br/

☸️Fundador do Sobre Budismo, praticante do Budismo desde 2011, venho ajudando simpatizantes e iniciantes no #Budismo a entrarem em contato com as práticas e os ensinamentos de #Buda (Dharma).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *