Esforço Contínuo

Esforço Contínuo


Pinterest

O quarto elemento para a nossa preparação para o caminho, dentre os cinco fatores essenciais segundo a tradição buddhista Theravada, é o esforço contínuo. Os cinco fatores juntos são as condições para termos aquela ‘sabedoria’ preparatória para o aparecimento da sabedoria em si.

O esforço é necessário em várias atividades do caminho espiritual. O Buddhismo definitivamente não prega o ócio, o deixar acontecer, o esperar as graças celestiais caírem sobre nós. O esforço é necessário no treinamento moral, na meditação, no estudo, na aplicação do que aprendemos em nossa própria vida.

No tocante à meditação, Ajahn Thanissaro diz o seguinte: “Ao explicar a meditação, o Buddha muitas vezes estabeleceu analogias com as habilidades de artistas, carpinteiros, músicos, arqueiros e cozinheiros. Encontrar o nível de esforço correto, disse ele, é como o afinar de um alaúde de um músico. Ler as necessidades da mente no momento – ser alegrado, acalmado ou inspirado – é como a habilidade de um cozinheiro do palácio de ler e agradar os gostos de um príncipe“.

O esforço deve ser equilibrado. Melhor ainda, ele deve ser avaliado sobre qual medida é a justa para cada atividade e para cada momento em que estamos. Tal como o cozinheiro que deve organizar suas atividades de modo que uma determinada ação seja feita a cada momento do preparo de um banquete, colocarmos o esforço em nossa vida consiste em saber sua intensidade e tempo de aplicação. Se isso é feito com maestria, os convidados e você mesmo ficarão felizes. Como diz Ajahn Thanissaro: “Mesmo que o caminho exija esforço, é um esforço que continua abrindo novas possibilidades para a felicidade e bem-estar no momento presente“.

Esforço bem aplicado, assim, está estreitamente ligado com a alegria dos objetivos cumpridos, cada ação abrindo uma frutificação e também novas possibilidades para novos esforços.

Se você quiser saber mais sobre o esforço no caminho e sua relação com a alegria segundo a tradição buddhista Theravada, confira o artigo completo de Ajahn Thanissaro, “A Alegria do Esforço“.

Categories

+ There are no comments

Add yours