Do meu coração para o seu

Do meu coração para o seu


Pinterest

Recentemente, após voltar de um retiro de 21 dias de meditação em silêncio, se eu pudesse compartilhar algo com você de maneira direta e honesta o que foi mais importante pra mim durante esses dias eu diria:

Precisamos abrir o nosso coração, verdadeiramente, e aprender a nos acolher, nos nutrir com amor, nos ouvir. Sabe aquele “serzinho” que fica dentro da nossa mente reclamando, criticando e nos julgando? Apontando nossas falhas e as vezes nos colocando pra baixo? Precisamos ouvi-lo, acolhe-lo e nutri-lo com amor genuíno, pois é isso que faríamos se um amigo querido viesse desabafar seus problemas pra nós.

Se aprendermos a fazer isso conosco, isso se expandirá para todo o mundo. Como podemos querer amar nossa família e amigos se não conseguimos ficar 5min em silêncio na nossa própria companhia? Nós estamos com a nossa mente 24h por dia 7 dias por semana e onde quer que formos, ela irá conosco, então, que bom seria se ela fosse nossa companheira para quem pudéssemos desabafar e ser acolhidos ao invés de ficarmos nos cobrando e nos julgando o tempo todo?

Acredito que esse é um ótimo começo para conseguirmos ter uma vida mais significativa, com bem-estar e felicidade. Também acho que devemos nos equilibrar e pacificar internamente caso tenhamos a intenção de trazer benefício aos outros seres, não que precisamos “primeiro” nos arrumar para depois ajudar, mas que no movimento da vida consigamos ir fazendo essas mudanças de perspectiva internas ao passo que aplicamos isso em nossa vida cotidiana.

Que você seja genuinamente feliz e esteja bem!

Essas palavras foram de algo que eu senti e não de teoria que li em algum livro. Tem um sabor especial na minha experiência!

A aplicação do que aprendi no retiro começa agora, na vida, no meu dia a dia!

(Isso é porque eu queria ser direto =))

Muito obrigado a minha mulher (Clara) e filho (Gabriel), agradeço também ao grupo de amigos espirituais (Sangha) que fizeram o retiro comigo, todas as pessoas que de forma direta ou indireta contribuíram para que eu pudesse ter todas as condições de fazer o retiro e ao meu mestre Lama Jigme Lhawang por essa oportunidade única e especial!

Categories

1 comment

Add yours
  1. 1
    Vívian

    Dias para desenvolver uma amizade genuína com o ego, desenvolvendo a aceitação de tudo que se manifesta no espaço da mente, acolhendo cada pensamento com carinho, praticando a gentileza consigo. O amor tudo acolhe, tudo abraça.
    Obrigada pelo texto, Leo. Suas palavras tem ressonância no meu coração. Grata por compartilhar esses momentos em sangha. abçs, Vívian

+ Leave a Comment