Conselhos mágicos para os relacionamentos

http://sobrebudismo.com.br/wp-content/uploads/2013/11/logo-facebook-blog.png
Pinterest

Texto extraído do Facebook oficial de Kyabgön Phakchok Rinpoche.

– Cuidar
– Dividir
– Entender
– Respeitar
– Um pitada de ciúme
– Não se comparar muito aos outros
– Desfrutar, mas não ser muito egoísta e nem ter muitas expectativas
– Estar livre de julgamento
– Ausência de ego (significa estar sem o ego, trabalhando juntos sem estar apegado as suas próprias idéias. Não lutando um com o outro ou tendo problemas que são baseados apenas em suas fortes opiniões. Você tem que abrir mão do seu “eu” para amar o outro.)
-Pense sobre a impermanência, isso é muito importante.




There are 9 comments

Add yours
  1. Cristina Demetrio

    Leonardo, boa tarde. Gosto muito das mensagem que você posta no face. Elas falam mesmo lá no fundo da alma, sem ser piegas, com muita realidade.

  2. Fillipe Rafael

    Está aí uma pergunta que sempre me faço: É possível ter um relacionamento amoroso sem apego?
    Eu acho que não, pois que sentido teria un relacionamento se não existe o apego e o desejo? Qual o sentido de manter uma relação amorosa?

  3. BIanca

    Olá Filipe.
    O desapego é diferente do amor. Acho que uma das grandes chaves do relacionamento é o desapego. Você quer bem à pessoa, faz bem à ela (e vice-versa) e isso os mantém próximos. Se você que ela pra si é possessão, você a vê como um objeto, e daí pode abrir caminho a várias coisas negativas.

  4. Ananias Paiva

    É comum a surpresa de se falar em um relacionamento sem apego, pois somos ensinados pela nossa cultura a olhar para o parceiro como algo que possuímos e que temos como nosso e isso é ilusão, nem seus fios de cabelos na cabeça são seus, tudo nesse mundo é emprestado para a experiência da vida. Ter um parceiro(a) é maravilhoso, desfrutar dos momentos com essa pessoa torna tudo mais intenso, mas é necessário não tornar isso uma obsessão, porque mesmo com essa relação íntima ambos os lados precisam de outras coisas, como visitar os amigos, ter um tempo consigo mesmo e também dá oportunidade à saudade e ter plena consciência que o apego pode ser uma insegurança crônica do medo de perder essa pessoa e essa ilusão é sofrida, pois nada fará uma pessoa ficar com você se ela não quiser, então se preocupar como isso é perca de tempo e por isso escutamos as vezes sem darmos a devida interpretação do que realmente significa amar sem se apegar, você pode amar um passarinho na gaiola, mas seu amor é na base do apego porque você sabe que se abrir a gaiola o passarinho fugirá então você mantém ele preso onde poderá sempre saber onde ele estar e assim amá-lo de sua forma. Se você faz isso com seu parceiro e o sufoca, infelizmente está apenas apressando aquilo que mais teme e isso será inevitável.

    O desejo sexual é maravilhoso mas como tudo na vida com o tempo perde a intensidade de antes, mas se você tem sentimentos pela pessoa como amor, respeito, admiração então o sexo sempre será algo muito interessante e o desejo será aditivado por esses combustíveis ilimitados, então a questão do desejo também dependerá mais do grau da conexão de amor do que sexo.
    O sentido de manter uma relação amorosa é simplesmente amar sem esperar muito como no texto acima, o amor é gratuito e não uma troca comercial, ame por se sentir bem com a pessoa e nunca ame no sentido de possuir a pessoa e aceitar a realidade da impermanência é difícil para a mente, mas é necessário para sua própria libertação espiritual.

  5. marcos paulo

    e importante ter o desapego ne uma relação pois, vc nunca sabe se aquela pessoa estará contigo a vida toda. a mente muda.. conceitos mudam dia apos dia.. nada é eterno, nem nos mesmos e gostoso ter uma companhia , mas nessa vida.. nada e nosso.. nem nós mesmos!!


Post a new comment