Arquivos :: Quem cuida do Sobre Budismo? :: Mandala tibetana como treinamento da mente :: Técnica para reduzir ansiedade ::

Sobre Budismo : Budismo, meditação, mente e alívio da ansiedade

A sabedoria é o mais importante


Transcrição da palestra “Os três níveis de percepção” por Dzongsar Khyentse Rinpoche, em Singapura, 2003.

A sabedoria é o mais importante – ao contrário de outras religiões, você não pode definir o Budismo por causa de sua ética, não mesmo.

“Ok, certo e errado – Vamos discutir isso um pouco, porque é muito importante. O certo e o errado. Na noite passada eu estava em algum lugar discutindo sobre isso e eu acho que é muito importante.

No budismo é muito importante que você coloque a sabedoria acima de tudo. A sabedoria é o mais importante. Como Shantideva disse, no início do Capítulo IX , disse ele – Todos os outros ramos de atividades do Bodhisattva são ensinados para que o bodhisattva possa aplicar a sabedoria. A sabedoria é a mais importante. E eu te digo isso porque, às vezes, quando falamos de uma religião, imediatamente nossa mente humana fala sobre ética.

Eu tenho sido questionado muitas vezes por algumas pessoas, às vezes eu estou voando em um avião e eles sabem que eu sou uma pessoa religiosa. Então eles perguntam – Quem é você? Você é um muçulmano ou um budista ou o quê? Então eu digo que eu sou budista. Então, a questão imediata é – Então como um budista, você não pode comer carne, não é? Você entende, é assim que eles definem uma religião. Imediatamente uma religião é medida pelo que você pode fazer, o que é errado fazer e o que é certo fazer. Eu acho que isso é verdade para muitas outras religiões, mas isso não é verdade para o budismo. No Budismo, você não pode definir o budismo por causa de sua ética, não mesmo.”

Pinterest




Nos encontre também: facebook | instagram | youtube | twitter | podcast | email | rss