A conversa centrada em torno da prática

A conversa centrada em torno da prática


Pinterest

Chegamos agora ao terceiro fator que a tradição buddhista Theravada delineia como fatores essenciais para a ‘sabedoria antes da sabedoria’. Para quem não se lembra, os cinco fatores são:

1. o amigo espiritual;
2. a disciplina moral;
3. a conversa centrada em torno da prática;
4. o esforço contínuo e;
5. a sabedoria.

A conversa centrada em torno da prática é uma das ferramentas fundamentais na prática dos ensinamentos. É um dos grandes motivos para o Buddha ter criado sua comunidade de praticantes, bem como um chamado para a importância da prática comunitária e o contato com os professores. Na língua pali isso é chamado de Sakaccha-nuggahita, um procedimento auxiliar do caminho por meio da conversa e discussão saudável. Se você quiser ler mais sobre os procedimentos auxiliares confira neste link.

Como na arte japonesa do Bonsai (e em todo o cultivo cuidadoso de qualquer planta), em que o artista empreende diversas ações de cuidado da planta, ajustando-a segundo a temperatura, sombra, natureza do solo, etc., sakaccha-nuggahita são as entrevistas e conversas com o professor, o qual ajusta o ensinamento segundo as diversas naturezas individuais dos praticantes. Na discussão com o professor a técnica é burilada e melhor adaptada a cada praticante. Esse procedimento indica também a conversa sábia e investigativa do Dhamma entre praticantes sinceros.

Para você que se inicia no caminho buddhista ou tem um interesse sincero para além de mera curiosidade, por favor dê uma consideração especial à sugestão de que o contato com praticantes mais experientes de uma forma pessoal e engajada sempre foi visto como de grande importância na tradição buddhista.

© Foto: Centro de Retiros Nalandarama, conversando sobre o Dhamma com o Ven. Ottama

Categories

+ There are no comments

Add yours